https://youtu.be/nbpAmjKrinU Os suicídios em protesto contra a injustiça não são apanágio das ditaduras. Elas ocorrem nas maiores democracias do mundo, como em Haia, na Holanda, ou em Florianópolis. O general Slobodan Praljak e o reitor Luis Carlos Cancillier têm em comum o combate desesperado contra as violações dos direitos humanos. No Brasil, a Lava Jato, em vez de se redimir de seus abusos, vem agora a público, numa entrevista, ameaçar o Congresso Nacional

DEIXE UMA RESPOSTA