Por Geniberto Paiva Campos (*) – Brasília, 25 de janeiro, 2018.

A pena não puniu um crime. Pois não havia crime a punir.
A pena teve como objetivo impedir a candidatura presidencial de Lula em 2018.
Foi, portanto mais uma lamentável decisão político-partidária. Simples assim.
Estamos num Estado de Exceção. No qual adentramos desde a vitória do PT em 2002.

Esta é a descrição mais sucinta e fiel da infeliz decisão do TRF 4, do dia 24 de janeiro.
Confirmada a sentença, com o detalhe incrível do aumento da pena, logo me veio à lembrança
a cena marcante de um filme antigo, “Glória Feita de Sangue” (Paths of Glory), de Stanley Kubrick, 1957:

No julgamento de um evento da 1ª Guerra Mundial por um tribunal militar, acontece a fala de
um oficial, indignado com a decisão da corte, que diz: – “Neste momento, me envergonho de pertencer à raça humana”.
Todos brasileiros, homens e mulheres, deveriam refletir serenamente sobre essa decisão do
tribunal gaúcho. Não como “juiz dos juízes”. No mínimo, com perplexidade e indignação.
E muita sabedoria política. E ações concretas no campo jurídico. E político. E econômico.
Aqueles que defendem os princípios democráticos e o estado de direito como valores perenes,
não podem aceitar passivamente a injustiça de uma condenação sem provas.
Isso depõe contra o processo civilizatório, a maneira correta do convívio humano.

E este não é um caso isolado. Desde o início do 1º governo do PT, em 2003, já era nítido o inconformismo da Elite com a forma diferente de governar do Partido dos Trabalhadores. Daí o nascimento do “Mensalão”. Foi quando o velho e infalível tema da corrupção foi novamente trazido para a cena política. E a consciência crítica dos brasileiros fez apenas cara de paisagem.
Como sempre, o objetivo da Elite – às vezes disfarçado, ou escancarado, como agora – é estabelecer o absoluto controle da “soberania popular”.

Podemos votar em qualquer
candidato. Desde que seja eleito o da confiança da Elite.
Governos populares ou trabalhistas. Que defendam a soberania nacional. Ou que lutem para fazer o Brasil cumprir sua vocação de “grande potência” não poderão sobreviver. Novamente, simples assim. Ou Golpe ou Impeachment.
Muda o enredo da peça. E os pretextos. Mas o final é sempre o mesmo. Sem direito a “happy end”.
O remédio da Elite para conter avanços da Democracia vem sendo aplicado numa enfadonha e conhecida sequência histórica: Getúlio Vargas, do “mar de lama do Catete”; João Goulart, da “república sindicalista”; Lula da Silva do “Mensalão”, (o qual só colou parcialmente); Dilma Roussef das “pedaladas fiscais”.

E o próximo, ainda sem nome e sem data de início do mandato. Claro, na (talvez vã) expectativa que ocorram as eleições presidenciais de 2018.
Fica cada vez mais evidente que o problema não reside na “unidade das esquerdas”. Mas no apego da Elite ao autoritarismo. A doença incurável da direita.
A Elite brasileira não aceita a Democracia, a Liberdade, a busca pela Igualdade e Justiça Social.
Tem os olhos presos, e vive, ainda no passado escravocrata.
E quer a divisão eterna entre a Casa Grande e a Senzala.

A luta é essencialmente política. E se trava em diversas áreas, táticas e estratégicas.
No momento atual, a prioridade é no campo jurídico.
A consciência de Legalidade e Justiça dos brasileiros não pode permanecer sonolenta e no estado de letargia em que se encontra há muito tempo. Desde os primórdios do “Mensalão.
Devem ser despertados desse sono mortal os Homens da Lei, os intelectuais, acadêmicos, militantes de causas sociais, os cidadãos e pessoas de boa vontade. E os partidos políticos, de todas as tendências.
E fazer refletir os que se vestem de amarelo, saem as ruas e batem panelas “contra a corrupção”. Agindo contra o seu futuro.

Fica difícil, neste momento, imaginar “sangue nas calçadas”. Repetimos: a luta é política.
A Elite escravocrata, com a cumplicidade da Classe Média, defende, de forma disfarçada – e muitas vezes cínica- os ricos e os muito ricos.
E não se trata de um padrão brasileiro de conduta.

O poder de manipulação da Elite é imenso. E na maioria das vezes o inimigo da Democracia, dos Direitos Humanos e da Liberdade é um sujeito oculto, distante. E se espalha pelos mais insuspeitos lugares.
Tornou-se evidente, portanto, que a manipulação e a invenção de crenças não é uma característica da ingenuidade inata dos brasileiros ou latino americanos. E não depende do grau de desenvolvimento econômico e cultural de povos e nações.
É possível, sim, construir “verdades” e manipular sentimentos e reações das pessoas, de todos os quadrantes do planeta.
Nesse sentido, é fundamental o papel dos órgãos de comunicação. Despidos de qualquer consideração de ordem ética. E sem nenhum escrúpulo. Dispostos a mentir e falsear a Verdade.
Eis um dos inimigos principais da Liberdade e da Democracia.
Eles comemoraram, com indisfarçada alegria, a condenação do ex-presidente Lula às penas da lei… Aproveitem, rapazes, sua festa está próxima do fim. O Golpe de 2016 vai soar como um Réquiem para vocês. O Neoliberalismo não se sustenta! E não deu certo em nenhum lugar do Mundo.

(*) – Do Instituto de Estudos Brasileiros/ IEB e do Coletivo Lampião

1 COMENTÁRIO

  1. A CIA PLANEJOU PASSO A PASSO O “GOLFE JUDICIÁRIO E PARLAMENTAR APÓS AS PRIVATARIAS TUCANAS ESSE FOI O GOLPE FINAL CONTRA AS NAÇÕES DA AMÉRICA LATINA” como previsto no nefasto CONSENSO DE WASHINGTON assinado em março de 1993 por FHC e outros traidores da América Latina como releva o livro: “EL COMPLOT PARA ANIQUILAR LAS FUERZAS ARMADAS E LAS NACIONES DE IBERO AMERICA” autor economista e jornalista LINDON LAROUCHE.
    O GOLPE FINAL CONTRA AS NAÇÕES DA AMÉRICA LATINA seguiu o mesmo ritual de LAWFARE usado pelos serviços secretos da Inglaterra (Lawfare foi usado contra os líderes da Índia Mahatma Gandhy, Indira Gandhy e Rajid Gandhy que também foram assassinados, e contra o líder sul africano Nelson Mandela condenado por convicção por juízes nazifacistas e patéticos procuradores, e pelo serviço secreto da Bélgica que promoveu um genocídio a mando do rei da Bélgica (golpe contra Patrice Lumumba em 1961, condenou Lumumba sem provas, algemou e acorrentou e jogou-o num tanque de ácido sulfúrico e transformou o rico CONGO BELGA, rico em petróleo, diamantes e minerais nobres, em uma eterna colônia da Bélgica. Outros países como México, Honduras e Paraguai passaram pelo mesmo golpe parlamentar e judiciário.
    NA primeira fase do golpe contra o Brasil foram as PRIVATARIAS TUCANAS blindadas no estado do Paraná pelo judiciário paranaense no ESCÂNDALO BANESTADO – BANCO DO ESTADO DO PARANÁ foi o propinoduto das privatarias tucanas que captou 125 bilhões de dólares (MEIO TRILHÃO DE REAIS)

    JACKSON VASCONCELOS DA ESCOLA DE SAMBA TUIUTI FRISOU MUITO BEM O GOLPE NO DESFILE CARNAVALESCO DO RIO DE JANEIRO DE 2018 MOSTRANDO A “ALA DOS MANIFESTOCHES DA AVENIDA PAULISTA”, OS MANIPULADOS CIDADÃOS COXINHAS IMBECIS MIDIOTIZADOS PELA REDE GLOBO QUE VESTIRAM A CAMISA DA SELEÇÃO EM 2015 PARA AJUDAR (INCONSCIENTEMENTE) O AGENTE DA CIA SERGIO MORO, O CORRUPTO CHEFE DO GOLPE EDUARDO CUNHA E OS GOLPISTAS A DESTRUIR A NAÇÃO VASCONCELOS SE BASEOU EM VÁRIAS OBRAS LITERÁRIAS PARA COMPOR O SAMBA ENREDO DA TUIUTI NO CARNAVAL DE 2018:
    “O ABOLICIONISMO” de João Nabuco
    “FLUXO E REFLUXO DO TRÁFICO DE ESCRAVOS ENTRE A GUINÉ EQUATORIAL”, Saraiva
    “O NAVIO NEGREIRO”, Castro Alves
    O GOLPE FATAL E FINAL CONTRA A SOBERANIA NACIONAL NO BRASIL FOI PLANEJADO PELA CIA EM 2009 COM AJUDA DA EMBAIXADORA LILIANE AYALIDE E OS JUÍZES TREINADOS PELA CIA, FOI IMPLEMENTADO COM AS SEGUINTES ETAPAS:

    1- TREINAMENTO SECRETO PLANEJADO PELA CIA (CIA BRAZIL BRIDGE PROJECT JUDGE PROCEDURES) QUE TREINOU EM 2009 O SINISTRO SR SERGIO MORO (O MESMO JUÍZ QUE ABAFOU O CASO BANESTADO ENTRE 1997 E 2002 NO GOVERNO FHC O MAIOR CRIME DA HISTÓRIA DA REPÚBLICA) JUNTO COM OUTROS JUÍZES E PROCURADORES DO PARAGUAI E HONDURAS

    2- ENSAIO DO GOLPE FEITO EM HONDURAS (2010) E NO PARAGUAI (2012).
    O GOLPE EM HONDURAS TEVE COMO ALVO APROVAR A LEI DO TRABALHO ESCRAVO . OS EUA TÊM FÁBRICAS DE JEANS E MUITAS INDÚSTRIAS TÊXTEIS ELES USAM MÃO DE OBRA INFANTIL EM HONDURAS.
    O GOLPE NO PARAGUAI CONTRA FERNANDO LUGO EM 2012 TAMBÉM TEVE O FOCO NO TRABALHO ESCRAVO PARA FAVORECER AS MULTINACIONAIS, A LEI DOS TRANSGÊNICOS GOLPE FINANCIADO PELA MONSANTO, TEVE A PARTICIPAÇÃO DE DOIS IRMÃOS POLÍTICOS TUCANOS CORRUPTOS DO PARANÁ SRS ÁLVARO DIAS E OSMAR DIAS QUE DISCURSARAM REMUNERADOS PELAS MULTINACIONAIS E PELA CIA NO DIA DO GOLPE EM ASSUNÇÃO.

    3- PLANEJAR BADERNAS DE RUA NA ÉPOCA DA “COPA DAS CONFEDERAÇÕES” EM JUNHO DE 2013 A CIA E O PATO DA FIESP SR PAULO SKAF (A SERVIÇO DAS MULTINACIONAIS PARA OBTER O TRABALHO ESCRAVO)
    Essa baderna foi cuidadosamente planejada em 2013 usando os blackblocks e baderneiros remunerados, paramilitares, policiais a paisana, filho de elites comandados pelo pato da FIESP (SKAF) e pelo sr DANTON que destruíram prédios públicos no Rio de Janeiro e na capital paulista, destruíram agências de carros, agências bancárias e muita destruição em milhares de lojas em 22 capitais do Brasil. Estima-se que os danos em todo o Brasil passaram da casa de hum bilhão de reais, somente em carros importados destruídos nas concessionárias invadidas pelos blackblocks nas capitais do sudeste ultrapassou 650 milhões de reais
    ESSA GUERRILHA URBANA DE 2013 FICOU CONHECIDA COMO “GUERRA DOS VINTÉNS” ELA FOI CUIDADOSAMENTE PLANEJADA PELOS POLÍTICOS EXTREMISTAS O CORRUPTO SR AÉCIO CHEIRA NEVES ligado ao tráfico de drogas no Rio e São Paulo ele aliciou os milicianos, e também com apoio do sinistro ex capitão Jair Bolsonaro
    4- DESESTABILIZAÇÃO DO GOVERNO DILMA ROUSSEF COM AJUDA DO MEGA CORRUPTO PRESIDENTE DA CÂMARA DOS DEPUTADOS SR EDUARDO CUNHA QUE, PASME, ELE ARQUIVOU TODOS, EU DISSE TODOS, OS PROJETOS DE DILMA FORAM BOICOTADOS E CANCELADOS PELO CORRUPTO PRESIDENTE DA CAMARA EDUARDO CUNHA QUE CONSPIROU COM SERGIO MORO E MICHEL TEMER DESDE 2010 O PLANEJAMENTO DO GOLPE DE 2016
    5- CORRUPTO SENADOR JOSÉ CHIRICO SERRA TEVE E-MAILS VAZADOS NO WIKILEAKS EM MARÇO DE 2015 ENTRE SERRA E A CHEVRON: “CALMA, VAMOS DERRUBAR O GOVERNO, ENTREGAR O PRE-SAL, REVOGAR A LEI DA PARTILHA E ISENTAR AS PETROLÍFERAS DOS IMPOSTOS SOBRE O PETRÓLEO”
    6- O PRE-SAL FOI ENTREGUE PELOS GOLPISTAS EM TROCA DO APOIO AO GOLPE, UMA RIQUEZA QUE VALE 20 TRILHÕES DE DÓLARES NO YOUTUBE TEM UMA ENTREVISTA DO CORRUPTO SR NELSON ROCKEFELLER JR ELE COMEMOROU O GOLPE DO BRASIL EM 2016 NOS JORNAIS, CONFIRAM NO YOUTUBE A ENTREVISTA COM BOB FERNANDES: “ROCKEFELLER: A ENTREGA DO PRE-SAL VALE 20 TRILHÕES DE DÓLARES PARA AS PETROLÍFERAS AMERICANAS E SEIS MILHÕES DE EMPREGOS PARA OS EUA”
    NOTEM QUE AS MULTINACIONAIS QUE LEVARAM O PRE-SAL RETIRARÃO TUDO EM 20 A 23 ANOS E IRÃO USAR TÉCNICAS PREDATÓRIAS DE EXPLORAÇÃO QUE GERARÃO MUITOS DESASTRES AMBIENTAIS COMO O DESASTRE DE MACONDO NO GOLFE DO MÉXICO EM 2010. ISTO EXPLICA PORQUE OS GOLPISTAS CRIARAM A PEC-241 DE CONGELAMENTO DO ORÇAMENTO DA EDUCAÇÃO-SAÚDE-SEGURANÇA POR 20 ANOS ESTÁ EM ALINHAMENTO COM A PROPOSTA DOS GOLPISTAS REVOGARAM A “LEI DA PARTILHA” CRIADA POR LULA EM 2003 QUE DESTINA 30% DO PETRÓLEO DO PRE-SAL PARA A EDUCAÇÃO, SEGURANÇA, SAÚDE E INFRA ESTRUTURA.
    RESUMINDO: TODAS AS AÇÕES DO GOLPE FAVORECERAM OS CAPITAL ESTRANGEIRO E AS MULTINACIONAIS NORTE AMERICANAS QUE ALÉM DE GANHAR NA BACIA DAS ALMAS O PRE-SAL (20 TRILHÕES DE DÓLARES), GANHAR HUM TRILHÃO DE REAIS EM IMPOSTOS POR 23 ANOS!!!UM GOLPE CUIDADOSAMENTE PLANEJADO PELA CIA DESDE 2009 QUANDO O BRASIL ESTAVA COM O PRE-SAL REATIVANDO A INDÚSTRIA NACIONAL, OS ESTALEIROS NAVAIS, COM PIB DE 4 TRILHÕES DE REAIS (HOJE O BRASIL EQUIPAROU-SE NO MAPA DA FOME E PIB INFERIOR A HUM TRILHÃO) E BOMBANDO NO SÉTIMO LUGAR NO MUNDO E ULTRAPASSANDO A INGLATERRA. SEGUNDO A CIA O BRASIL PRECISAVA SER GOLPEADO E TOMAR SUAS RIQUEZAS, SAQUEAR OS PETRÓLEO E DESTRUIR A INDUSTRIA NACIONAL COM AJUDA DO JUIZ SERGIO MORO, POLÍTICOS CORRUPTOS VIRA LATAS E LESA PÁTRIAS E OUTROS AGENTES TREINADOS PELA CIA.

DEIXE UMA RESPOSTA