A Globo parece perdida nesta arremetida contra o Temer. O que quer? Colocar em seu lugar, Henrique Meireles, para passar o trator? Para isso, é preciso ter maioria no Congresso, pelo menos. Mas é sempre o velho golpe. A emissora dos Marinho não quer a eleição direta, e sim a escolha indireta. O ideal seria adotar o sistema francês pelo qual se convocariam eleições diretas e a partir desta eleição, se iniciaria um novo mandato presidencial de quatro ou cinco anos para responder ao clamor popular de colocar o país nos eixos.

DEIXE UMA RESPOSTA