Rosilene Corrêa fala ao Café na Política dos riscos que o movimento pelo impeachment podem representar para as conquistas obtidas em todos esses anos de democracia. Riscos, que, segundo a diretora do Sindicato de Professores do Distrito Federal (Sinpro), não se resumem às questões institucionais, mas particularmente às políticas que abriram mais escolas, possibilitaram que os mais humildes virassem médicos e outros profissionais, além da ascensão na escala econômica e social. Admitindo que os últimos governos populares de Dilma e Lula cometeram erros significativos, mas que ainda podem ser corrigidos, Rosilene constata hoje, no país, um movimento de criminalização da política que condena a todos, inclusive o vice Michel Temer. aonde se quer chegar com isso, indaga, nesta entrevista a FC Leite Filho. Rosilene ainda comenta a situação das escolas, dos professores e reconhece que a implantação do ensino integral nas escolas públicas deveria ter avançado mais.

DEIXE UMA RESPOSTA